Escolhendo A Primeira Escola Para Seus Filhos

Escolhendo a primeira escola para seu filho

Estamos em uma época, Outubro e Novembro, caracterizado pelo período de matrículas nas escolas, esse momento em que os responsáveis passam pela escolha da primeira escola para o filho, eles enfrentam dúvidas, angustias, e a ansiedade vem à tona. Sendo mãe e por já ter passado por isso, separei 7 dicas para que essa decisão seja feita com tranquilidade e assertiva!

Deixar nossos filhos, nos cuidados e na responsabilidade de outras pessoas é uma tarefa difícil para qualquer um, mas como profissional, psicóloga e pedagoga, sei que o enfrentamento desta situação trará um produto maravilhoso, ou seja, todos os valores que a família preza, terá continuidade para nossos tesourinhos nesse ambiente, a escola.

Precisamos entender que na primeira infância a necessidade essencial a ser suprida envolve acolhimento afetivo, cuidados primários, higiene, alimentação, e sempre acompanhado de empatia e estímulo para o social. Assim, fica mais claro que na busca pela escola você precisará identificar como a instituição supre essas necessidades.

Então para que essa fase traga amadurecimento, conquistas, ampliação de relações e aprendizado, precisamos escolher coerentes com nossas expectativas e dados de realidade:

1- Faça uma lista das escolas que te interessam, que foram sugeridas por conhecidos, que você já ouviu falar, que te chamem atenção.

2- Marque visita nas instituições desejadas. Curiosidade: levar o filho na visita cabe a cada responsável, o importante aqui é ver como vocês são recebidos e se a proposta da escola faz sentido com seus valores;

3- Na visita, de imediato, veja se há empatia, uma boa troca com quem faz apresentação, se passa confiança e segurança, uma vez que nós estamos sempre recheados de dúvidas.

4- Saiba que esse clima afetivo gostoso e acolhedor é muito mais importante do que os recursos físicos e estruturais que o espaço apresenta;

5- Identifique e questione sobre a higienização, a troca de fralda, a alimentação. Casos de alergias são importantes de serem questionados, do modo do cuidado da instituição com as limitações da criança;

6- Verifique como é feita a comunicação entra casa e escola, ou seja, via conversas, agenda.

7- Busque saber como o brincar é estimulado. Nessa fase a brincadeira é de extrema importância e precisa ser viabilizada. Com isso a criança aprenderá a trocar papéis, a socializar-se. Conteúdos esses que são levados para sempre. Não alimente a ansiedade em buscar conteúdos que caiam no vestibular! Ainda não é a hora, calma!

Com leveza e assertividade, a segurança sobre essa escolha será alcançada. Aqui, a ansiedade será um empecilho e pode confundir a sua vista. Sucesso e boa sorte para todos nós!

Comentários

Comentários